O MILÊNIO PARTE 3

“O lobo habitará com o cordeiro, e o leopardo se deitará junto ao cabrito; o bezerro, o leão novo e o animal cevado andarão juntos, e um pequenino os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; o leão comerá palha como o boi. A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar” ( Isaias 11.6-9 ).

A passagem mais extensa sobre o Milênio está em Apocalipse 20, em que João descreve uma
sequencia cronológica — a prisão, a rebelião e o julgamento de Satanás no Milênio. Alguns teólogos também acreditam que Apocalipse 21.9-27 descreve a Nova Jerusalém durante o Milênio.

Isso não é provável, porque a passagem se refere ao Estado Eterno, o que é apoiado pelo desenvolvimento sequencial do texto desde o Milênio em Apocalipse 20 até o Estado Eterno em Apocalipse 21. Ainda outros acreditam, numa posição intermediaria e veem a passagem como uma descrição da morada eterna dos santos ressurretos durante o Milênio.

O reino futuro de Deus terá duas fases distintas, o Milênio e o Estado eterno. Mas a maior ênfase da Bíblia está no reinado de mil anos de Cristo no Seu futuro reino conhecido como Milênio.

O Milênio é uma realidade bíblica futura. Segundo a Bíblia, a vida na terra ficará melhor, mas não antes de piorar por um período de sete anos conhecido como a Tribulação.

Observe que no 40 de Ezequiel esta descrita em detalhes a cidade ou melhor templo que será construído no reino Milenar, essa construção é futura, nunca houve antes esse templo, da forma que o profeta Ezequiel viu numa visão.

Em breve estaremos postando a parte O MILÊNIO 4.

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


5 + = 9

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>